30 novembro 2010

Blog do Santiago

Caminhos do Santiago

O - genial -  chargista   Kayser informa que o  não menos genial  Neltair Rebés Abreu,  mundialmente conhecido cartunista Santiago, meu ilustre conterrâneo e amigo, agora também está fazendo parte da blogosfera, fortalecendo o time dos 'blogs sujos'. Ele anuncia, em primeira mão:

'Agora sim a internet virou um troço de fundamento!'
Acaba de entrar no ar "OS Caminhos do Santiago", latifúndio virtual pra lá de produtivo ocupado pelo craque Neltair Rebés de Abreu, o Santiago. Tem a biografia do índio véio, um blog até um bolicho virtual, com gravuras e livros para vender.
Coisa fina, especial de primeira, criação do Bernardo, filho do Santiago. Vale a pena conferir!



Fonte: Blog do Kayser - http://blogdokayser.blogspot.com/
...
ET: Para acessar 'Os Caminhos do Santiago', clique em http://www.caminhosdosantiago.com.br/blog

AL/RS


PT poderá presidir Assembleia Legislativa do RS em 2011

Porto Alegre/RS - PTSul - Reunida na tarde desta segunda-feira (29), a bancada estadual do Partido dos Trabalhadores decidiu propor aos partidos que estão negociando o rodízio na presidência do Legislativo gaúcho que um deputado petista assuma o cargo em 2011, no primeiro ano da nova legislatura.

Segundo o líder da atual bancada, deputado Elvino Bohn Gass, que coordenou a reunião, o melhor é que a base do governo presida o parlamento no primeiro e no quarto anos da legislatura. “Nossa bancada entende que presidir a Assembleia Legislativa no primeiro ano ajuda na organização do processo legislativo e na relação entre os deputados e o Executivo”, explica.

Os deputados  Raul PontAdão Villaverde foram escolhidos para representar os petistas nas negociações com as outras três grandes bancadas – do PMDB,do PP e do PDT -, cujos representantes deverão assumir a presidência da Casa nos três anos seguintes em ordem ainda a ser definida. A primeira reunião entre as bancadas deve acontecer já nesta terça-feira (30). (Por João Ferrer, do sítio PTSul).

Edição deste blog

29 novembro 2010

Luto


Morreu Mário Monicelli, diretor de 'O Incrível Exército de Brancaleone'

Roma/Itália - Mario Monicelli (foto) suicidou-se hoje, atirando-se da janela do hospital San Giovanni de Roma onde estava internado.

Entre suas obras-primas, deixa para a posteridade filmes como "O Incrível Exército de Brancaleone", "Quinteto Irreverente", "Meus Caros Amigos" e outras muitas produções.

Em "Meus Caros Amigos", encontramos o ator francês Philippe Noiret como um jornalista florentino, partindo para a realização de golpes com seus companheiros quinquagenários, entre eles Ugo Tognazzi, Adolfo Celi, Gastoni Moschin e Duilio del Prete, seguindo-se "O Quinteto Irreverente", a história do enterro do mesmo jornalista - um de seus melhores filmes.

Mario nasceu em 15 de maio de 1915 em Viareggio, na Toscana, onde passou toda a infância.

"I soliti ignoti", Os Eternos Desconhecidos, de 1958, apresenta um elenco especial, composto por Vittorio Gassman, Marcello Mastroianni, Totò e Claudia Cardinale, sendo considerado o primeiro filme do filão da 'commedia all'italiana'.

Em 1959, seu filme "A Grande Guerra" ganhou o Leão de Ouro do Festival Internacional de Cinema de Veneza, rendendo ainda sua primeira indicação ao Oscar. A segunda viria em 1963, com "I compagni".

A partir de 1934 - com menos de 20 anos -, estreou dois curtas-metragens com seu amigo Alberto Mondadori: "Cuore rivelatore" e "I ragazzi della via Paal". Este último foi destaque na Mostra de Veneza, criada dois anos antes.
Até o final de 1940, colaborou em cerca de 40 filmes, às vezes como roteirista, outras como diretor-assistente.

A partir de 1953, Monicelli lançou-se sozinho na direção, tornando-se um mestre de um gênero de comédia que colocava em cena problemas da sociedade da época, em plena evolução.

Trabalhou com os maiores atores da Itália, de Totò, Aldo Fabrizi, Vittorio De Sica, a Sophia Loren, Marcello Mastroianni, Vittorio Gassman, Ugo Tognazzi, Anna Magnani, Alberto Sordi, Nino Manfredi, Paolo Villaggio, Monica Vitti, Enrico Montesano, Giancarlo Giannini, Philippe Noiret, Giuliano Gemma, Stefania Sandrelli, Gian Maria Volonté e Leonardo Pieraccioni.

Monicelli, que também produziu para o teatro e a televisão, assinou 65 filmes. 

...
 
 
 


*O Incrível Exército de Brancaleone - (Sinopse)
 
Em plena Itália do Século XI, o cavaleiro Brancaleone, uma espécie de Don Quixote maltrapilho, forma um exército de quatro miseráveis mortos de fome e parte em direção a um feudo a que julga ter direito.
 
Durante o longo percurso pela Europa da Idade Média, no lombo de um pangaré chamado "Aquilante" (uma referência ao "Rocinante" de Don Quixote), ele vai se defrontar com a peste negra, bruxas e bárbaros de todas as espécies, numa sátira demolidora dos conceitos de honra e coragem sobre os heróis medievais.

 (Com a France Presse e a Folha.com)

O Brasil do século 21


As vias do desenvolvimento

*Por Marcio Pochmann

O Brasil não mais aceita ser liderado. Pretende contribuir para o novo projeto de desenvolvimento mundial, multipolar e compatível com a repartição justa da riqueza e a sustentação do planeta para as novas gerações. Mas aqui vale repetir que não há caminhos para quem não tem direção a seguir. Tampouco pode prevalecer a máxima do último imperador no Brasil, que afirmava que quando não sabia o que fazer, melhor seria sempre esperar, geralmente para ser conduzido por alguém que dizia saber o que fazer.

O Brasil do início do século 21 tem pressa e não mais admite cometer velhos erros, já ocorridos e que deixaram como herança o subdesenvolvimento, deixaram a cada grupo de dez brasileiros, um analfabeto, contingente em sua maior parte constituído por pessoas de 50 anos e mais de idade e de cor não-branca. Sem tocar ainda na complexidade do atual analfabetismo funcional, que faz ceifar o acesso às oportunidades de maior ascensão social possibilitado pelo crescimento da economia nacional.

É hora do exercício da grande arte da política pública que deve fazer garantir a universalidade da igualdade do acesso às oportunidades, pois como dizia Charles Chaplin, “... a persistência é o caminho do êxito. Não devemos ter medo dos confrontos, pois até os planetas se chocam e do caos nascem as estrelas...”. (...)

-Leia, Clicando Aqui,  a íntegra do discurso de Marcio Pochmann (foto) proferido na 1ª Conferência do Desenvolvimento (Code), em 24/11, em Brasília.

*Fonte: sítio do PT Nacional

28 novembro 2010

Cloaca News revela o verdadeiro perfil de Augusto 'não-veja' Nunes


A ESPANTOSA INTELIGÊNCIA DO BLOGUEIRO-MICHÊ DA REVISTA VEJA

Porto Alegre/RS - Cloaca News - Desde os tempos em que atuava como informante dos torturadores, infiltrado no movimento estudantil, no período mais sombrio da ditadura, o auto-denominado “jornalista” Augusto Nunes – que se orgulha da fotografia em que aparece ao lado do general Figueiredo – já demonstrava seu caráter de escova-botas dos patrões. Pois, o tempo, senhor da razão, confirmou o vaticínio. Após exercer a função de proxeneta dos milicos, Nunes fez súbita carreira na imprensa corporativa. Valendo-se de seu excepcional talento para a adulação e de seu topete pega-rapaz, galgou postos e, dizem, perseguiu vários colegas de trabalho.

Uma das passagens bizarras de sua biografia foi sua demissão das Organizações Globo. Roberto Marinho em pessoa o mandou para o olho da rua por causa de um necrológio de Jorge Amado publicado na revista Época, quando o escritor baiano estava ainda bem vivo.

O semovente do meretrício fascista acabou encontrando refúgio no Jornal do Brasil, já sob o comando do empresário picareta Nelson Tanure. Isso talvez explique a derrocada agonizante do tradicional diário carioca, que teve morte cerebral decretada há poucos meses. Augustinho também foi diretor de redação do tabloide Zero Hora, de Porto Alegre. Ali, no entanto, seu reinado foi fugaz: nem mesmo os Sirotsky aguentaram tanta velhacaria.

Restou ao pobre diabo retornar, resignado – e com o rabo entre as pernas – à velha revista Veja, de quem, originalmente, é cria. É ali que, hoje, Augusto Nunes homizia-se, assinando um blog de coprologia jornalística e quejandos. (...)
-Leia a íntegra da  postagem do 'Sr. Cloaca'  Clicando Aqui

*ET: O Cloaca é meu amigo; 'mexeu com ele, mexeu comigo'.  (JG)

Entrevista



Violência no Rio é fruto da omissão crônica do poder público

Rio de Janeiro/RJ - Carta Capital -  O Rio de Janeiro está passando por uma situação criada pela má gestão de seus últimos governantes. A ausência do poder público nas favelas abriu espaço para o surgimento de um poder paralelo. Para o deputado federal carioca Chico Alencar (Psol), os atuais governos combatem de maneira errada esses criminosos. Insistem em intervir no varejo das armas e das drogas enquanto fazem vista grossa aos atacadistas. Enquanto a polícia faz ações espetaculares nos morros, os “traficantes burgueses” continuam a lucrar com as transações internacionais. Até porque “não havia nenhum barão das drogas naquela marcha tétrica da Vila Cruzeiro ao Alemão”.

Alencar vê como simplista a responsabilidade dada às Unidades Policiais Pacificadoras (UPPs) como a principal causa dos ataques ocorridos desde o domingo 20. Para ele, as UPPs são um início, mas como elas mesmo mostraram, não serão eficazes a longo prazo se não houver uma política estrutural junto. (...)
-Leia, à seguir, a íntegra da entrevista concedida pelo deputado à Revista Carta Capital, Clicando Aqui

Poema



















Tragédia Carioca I

Agora foram dezessete
Os mortos da guerra carioca
(dezessete os mortos na noite
da cidade guardada pelos braços
do Redentor).

Meninos a maioria
mortos, estraçalhados,
corpos franzinos decompondo-se,
dilacerados, expostos aos 40 graus
e à insensibilidade geral,
sob o sol equatorial da antiga cidade maravilhosa.

Dezessete as vítimas fatais
da vingança policial desencadeada
nas cinco horas do massacre
(ou “tiroteio” – estava nos jornais).

- A favela Nova Brasília é o novo front
da guerra do Rio.

Dezessete mortos nesta noite
desovados no subúrbio ironicamente chamado

‘Bonsucesso’.

Dezessete vidas ceifadas
na guerra civil – que a tela global denomina
“a Guerra do Tráfico” – e lava as mãos sanguinolentas.

Meninos a maioria
As vítimas da guerra nas favelas.

O espelho das águas outrora cristalinas
das lagoas do Rio
Estão embaçados pelo sangue
dos meninos mortos na guerra dos morros
pelo sangue das vítimas da tragédia carioca

que continua...

...

(Poema extraído do livro ‘Cara & Coragem’ – Poemas – de Júlio Garcia – PoA/1995)

ET: 'Bonsucesso', favela carioca,  fica  situada no chamado 'Complexo do Alemão', onde está sendo realizada uma operação de guerra contra o  chamado 'narcotráfico', especialmente destinada a aniquilar o  Comando Vermelho e outros grupos similares que coabitam no entorno;  hoje, 28 de novembro de 2010, no RJ. Lamentável, mas, 15 anos depois,  o Poema continua atual...

*Gravura: 'Favela em Chamas', de Raymond Piper

27 novembro 2010

Repercute a entrevista exclusiva do Presidente Lula ... (III)












Lula, blogueiros e o mais importante: internet incomoda mídia corporativa

Gabriel Brito escreve:

Na manhã desta quarta-feira, 24, a comunicação brasileira viveu um simbólico momento de transição. Em iniciativa praticamente inédita, um grupo de jornalistas que mantêm blogs políticos na internet (alguns sem vinculação com outros veículos de mídia) entrevistou o presidente Lula no Planalto, com transmissão ao vivo pela rede, por twitcam.

Formada por jornalistas que trabalham na chamada mídia alternativa – hoje em dia sinônimo de mídia de esquerda, tamanha a padronização conservadora dos veículos tradicionais -, a bancada entrevistadora articulou a conversa com o presidente em meados de agosto, após o 1º Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas, aproveitando a oportunidade para também disseminar a revolução que as comunicações inelutavelmente viverão, com produção e transmissão de conteúdo ao alcance de qualquer cidadão minimamente equipado das atuais tecnologias.

Obviamente, tais transformações terão impacto sobre a imprensa hegemônica, ainda pouco mensurável, mas o fato é que ela já se encontra em polvorosa com o impulso de ferramentas que livrem a população das "nove ou dez famílias que controlam a comunicação", conforme já dissera o presidente.

Por conta disso, já estão se entrincheirando na defesa de seus interesses. Isso num momento de efervescência no setor, após o Seminário Internacional de Comunicações, convocado pela Secretaria de Comunicação do governo, sob liderança do ministro Franklin Martins e realizado no início do mês, e o anúncio de quatro estados (BA, CE, AL e PI) da pretensão de criarem conselhos estaduais de comunicação, com o intuito de fiscalizar a atuação da mídia e seu respeito às leis e a diversos direitos individuais – escandalosamente violados pelos atuais donos da comunicação.

Não por coincidência, começaram a pipocar matérias sobre os "perigos" de uma internet cada vez mais habitada pelos brasileiros, onde haveria somente terra sem lei e nenhuma proteção à privacidade das pessoas, de preferência com exemplos isolados de mau uso da rede, ao mesmo tempo em que não estimula e nem discute seu uso adequado, cidadão e emancipador. (...)

-Leia  o artigo, na íntegra (postado originariamente  no sítio Correio da Cidadania),  Clicando Aqui

26 novembro 2010

Repercute a entrevista exclusiva do Presidente Lula aos blogueiros... (II)






Cloaca derrota José Serra. De novo

Vi o Mundo: Em editorial de capa, o jornal O Globo alertou: “Como já ensinaram Colômbia e Itália, quadrilhas acuadas respondem com técnicas de terror”.

O jornal levou a opinião ao pé da letra e, na mesma capa, respondeu com terror à entrevista do presidente Lula aos blogueiros.

Sob o título de No reino da lulosfera, escreveu: “Estava presente o blog Cloaca News, que diz publicar ‘as últimas do jornalismo de esgoto e dos coliformes fecais da imprensa golpista’”.

O Cloaca, apenas para relembrá-los, foi o autor do furo de reportagem sobre Ali Kamel, o pornoator (nenhuma relação com diretor de Jornalismo de mesmo nome). (...)

*Leia a íntegra da postagem do blog Vi o Mundo Clicando Aqui

25 novembro 2010

Repercute a entrevista exclusiva do Presidente Lula aos blogueiros...



Por que os jornalões estão estressados?

Grande mídia estrila por ter sido deixada de fora...

José Dirceu escreve:

Impressiona a virulência, misto de escárnio, com os quais a grande mídia - ou velha, ou antiga mídia - divulga hoje a entrevista pioneira do presidente Lula a 10 blogueiros progressistas de vários Estados do país na manhã de ontem no Palácio do Planalto.

Os blogueiros são chamados de chapas-brancas em mais uma tentativa inútil da velha e/ou antiga mídia de desqualificar o trabalho sério que existe hoje na rede, inclusive, bastante crítico ao que a grande imprensa produz.

Esta tentativa de desqualificação tem um precedente: vem na esteira do serviço prestado à grande mídia pelo candidato tucano José Serra, derrotado nas eleições de outubro pp. Durante a sua campanha ele chegou ao ponto de chamar os blogs que denunciaram as baixarias de sua participação na disputa de "blogs sujos".

Jornalões estrilam por serem deixados de fora

Também não dá para levar a sério vários e vários dos argumentos com os quais criticam o fato de o presidente ter dado a entrevista aos blogueiros. Sem sequer registrar que foram eles que se articularam ao realizarem em agosto o "1º Encontro dos Blogueiros Progressistas" e a solicitaram o encontro em seguida ao chefe do governo.

O que não muda a situação. O presidente também poderia querer concedê-la e convidar os blogueiros que quisesse. O que o impedia? A velha mídia quer proibi-lo disso? É inacreditável mas, como bem lembrou o ministro da Comunicação Social, Franklin Martins, em oito anos de governo, o presidente Lula concedeu 960 entrevistas, a maioria coletivas.

Ontem, foi a primeira ao grupo de blogueiros brasileiros. Nenhuma das 960 anteriores suscitou na velhíssima mídia tanto interesse, tanta ira e tanto ressentimento por não ter sido chamada quanto essa.

Força da blogosfera

Na realidade, com essa postura, a imprensa tradicional reage à força dos blogs e ao apoio que eles obtêm - a cada dia maior - na sociedade brasileira. Culpa dela própria que saturou, deixou a sociedade farta com as manobras de uma velha imprensa que perdeu muito de sua credibilidade ao se tornar partido político quando, ao invés de informar, preferiu a cortina de fumaça com a qual escamoteia, esconde mesmo, diariamente seus reais interesses.

O que vimos ontem na conversa do presidente Lula com os blogueiros foi um diálogo franco, predominantemente em torno da comunicação no país - talvez, daí, a preocupação da imprensa - mas, também, sobre temas apresentados de forma contundente sim, pelos blogueiros, a anos luz de serem "chapas-brancas" como quer fazer crer a grande mídia. (...)

*Leia mais sobre esse tema Clicando Aqui

(Edição deste blog)

Economia














Renda dos trabalhadores cresce e é a maior desde 2002, aponta IBGE

Brasília/DF - Estimado em R$ 1.515,40, o rendimento médio dos trabalhadores das seis principais regiões metropolitanas do país atingiu em outubro a maior marca da série histórica do IBGE, iniciada em março de 2002, com crescimento de 6,5% na comparação com o mesmo mês de 2009.

Trata-se da maior variação desde junho de 2006. Ante setembro, houve expansão de 0,3%.

Para Cimar Azeredo Pereira, gerente do IBGE, o reajuste real do salário mínimo foi o principal propulsor da renda e proporcionou o avanço do poder de compra, apesar da recente aceleração da inflação.

Graças também à vinculação dos salários mais baixos ao salário mínimo, o rendimento dos empregados sem carteira cresceu 12,8% em relação a outubro de 2010. Já a renda dos com carteira subiu 2,8%. No caso dos conta própria, a alta foi de 6,6% na mesma base de comparação.

A taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do país ficou em 6,1% em outubro, ante os 6,2% contabilizados em setembro. O índice é o menor registrado na série histórica. Em outubro de 2009, a taxa havia sido de 7,5%.

O IBGE registrou em outubro 1,444 milhão de pessoas desocupadas, com queda de 2,4% no confronto mensal e de 17,6% ante igual período em 2009.

A julgar pelo padrão histórico da taxa de desemprego, é muito provável que 2010 feche o ano com a menor taxa desde 2003, segundo Pereira. De janeiro a outubro, a taxa média ficou em 7%, abaixo dos 8,3% de igual período de 2009. Naquele ano, a taxa média de desocupação ficou em 8,1%. (Sítio do PT Nacional)

24 novembro 2010

A montagem do novo governo gaúcho (II)


Tarso anunciou novos integrantes do secretariado

Porto Alegre/RS - Após várias reuniões com os partidos que vão compor a coalizão, o governador eleito do Estado anunciou nesta quarta (24), no Centro de Treinamento da Procergs, onde ocorre a transição, novos nomes para compor o primeiro escalão do Governo. Tarso Genro comunicará os secretários que ainda faltam após o retorno de suas férias, que ocorrerão de 26 de novembro a 02 de dezembro.

“Eu e o vice-governador Beto Grill estamos satisfeitos por estarmos anunciando a integração do PDT no nosso governo”, declarou Tarso Genro ao saudar a participação dos pedetistas no governo. “Estamos com provavelmente 80% do secretariado completo”, afirmou Tarso.

Confira os treze novos integrantes do governo Tarso, anunciados nesta quarta:

Secretaria da Saúde

Ciro Simoni (PDT) – Natural de Osório, Ciro Simoni, 59 anos, é formado em Medicina pela UFRGS, com especialização em Radiologia. Foi eleito prefeito de Osório em 1988 e chegou à Assembléia Legislativa em 1994. Atualmente, exerce o seu quarto mandato como deputado estadual, tendo sido reeleito este ano.

Secretaria de Justiça e Direitos Humanos

Fabiano Pereira (PT) – Antes de ser eleito deputado estadual, em 2002, foi vereador e secretário da Saúde em sua cidade natal, Santa Maria. Em 2007, assumiu seu segundo mandato na Assembleia Legislativa gaúcha. Presidiu a CPI do Detran e lidera há oito anos a Jornada Estadual Contra a Violência Sexual de Crianças e Adolescentes. Tem 37 anos.

Assessoria Superior do Governador – Coordenador Geral

Flavio Koutzii (PT) – Eleito vereador de Porto Alegre em 1988, Koutzii chegou à Assembleia Legislativa em 1990. Até 1998, comandou a bancada petista e foi um dos líderes da oposição na Casa. Assumiu no ano seguinte a chefia da Casa Civil do governo Olívio Dutra, cargo que ocupou até 2002, quando foi reeleito deputado estadual. Coordenou o Conselho Político durante a campanha de Tarso Genro este ano.

Secretaria do Desenvolvimento Rural e Cooperativismo

Ivar Pavan (PT) – Foi o primeiro presidente da Assembleia Legislativa do RS pelo PT. Foi deputado estadual por quatro mandatos, líder de bancada e líder do governo Olívio Dutra. Agricultor, 59 anos, mantém suas atividades rurais em Aratiba, no Norte gaúcho, onde nasceu. Militou em diversos movimentos sociais e ajudou a criar vários deles, como a CUT. É ligado à agricultura familiar.

Secretaria de Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico

Jorge Guimarães (sem filiação partidária) – Médico veterinário com doutorado em Ciências Biológicas, é professor titular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e professor emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). A convite do então ministro da Educação, Tarso Genro, assumiu a presidência da Capes em 2004, cargo que ocupa até hoje. Foi também diretor científico do CNPQ. Natural de Campos (RJ), tem 71 anos, sendo mais de 50 dedicados à ciência brasileira.

Secretaria de Educação

José Clóvis de Azevedo (PT) – Natural de São Sebastião do Caí, formou-se em História e lecionou na rede pública nas décadas de 70 e 80. Foi secretário-geral do CPERS, e em 1997 assumiu como titular Secretaria de Educação de Porto Alegre. Coordenou o grupo responsável por criar e estruturar a Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS), e foi seu primeiro reitor. Atualmente, Azevedo, 65 anos, é professor e coordenador de pesquisa e pós-graduação do Centro Universitário Metodista IPA.

Secretaria do Meio Ambiente

Jussara Cony (PC do B)– Deputada estadual por quatro mandatos (1991 a 2006), é farmacêutica e funcionária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Comandou o Grupo Hospitalar Conceição, em Porto Alegre, de 2007 a 2010. Nascida em Cacequi, tem 68 anos de idade.

Secretaria de Obras e Irrigação

Luiz Carlos Busato (PTB) – Arquiteto pós-graduado em Urbanismo, 62 anos, é natural de Caçador, Santa Catarina. Foi reeleito este ano para seu segundo mandato na Câmara dos Deputados. Em 2004, elegeu-se vereador por Canoas, e comandou a secretaria de Planejamento Urbano da cidade. Atuou por 15 anos na construção civil na cidade metropolitana.

Secretaria da Agricultura, Pecuária e Agronegócio

Luiz Fernando Mainardi (PT) - Foi vereador por duas legislaturas em Bagé, deputado federal de 1995 a 2000 e prefeito de Bagé de 2001 a 2008. É autor da emenda que incluiu o Programa de Fruticultura da Metade Sul no orçamento da União e propôs o Pronasci Abigeato. Foi coordenador do movimento que resultou na criação da Universidade do ampa. Mainardi, 49 anos, é natural de Sobradinho (RS) e foi eleito deputado estadual no pleito deste ano.

Secretaria da Habitação, Saneamento e Desenvolvimento Urbano

Marcel Frison (PT) – Atual secretário de Planejamento de São Leopoldo, é o responsável pela captação de recursos e pela implantação dos projetos do PAC na cidade. Frison, 46 anos, participou das equipes das últimas quatro campanhas petistas ao governo do Estado e foi membro da coordenação nacional de Programa de Governo na campanha de Lula, em 2002. Foi chefe de gabinete do Ministério da Pesca e é o atual vice-presidente estadual do PT. Nasceu em Sapucaia do Sul.

Secretaria das Mulheres

Márcia Santana (PT) – Ligada ao movimento feminista, é assistente social e chefe de gabinete da deputada federal Maria do Rosário. Foi diretora da Fundação de Proteção Especial do Estado. É natural de Porto Alegre e tem 33 anos.

Secretaria de Economia Solidária e Apoio a Micro e Pequena Empresa

Maurício Dziedricki (PTB) – Vereador mais votado de Porto Alegre na eleição 2008, o advogado Dziedricki tem 31 anos e é natural de Curitiba. Entre março de 2006 e abril de 2010, licenciado da Câmara, comandou a Secretária Municipal de Obras e Viação. Está em seu segundo mandato como vereador da Capital.

Chefia de Gabinete

Vinícius Wu (PT) – Historiador, será o chefe de Gabinete de Tarso Genro após ter sido seu assessor durante a campanha eleitoral. O carioca de 30 anos foi Assessor Especial do Ministro da Justiça, Chefe de Gabinete da Secretaria de Reforma do Judiciário do MJ e diretor da União Nacional dos Estudantes (UNE). Também foi membro do Conselho Nacional de Juventude da Presidência da República.
...

ET: O governador eleito Tarso Genro confirmou hoje à tarde (25/11) o nome da Deputada Estadual Stela Farias (PT/RS)  como a futura titular da Secretaria da Administração do RS.  A deputada estadual reeleita tem 46 anos e é natural de Ibirubá, no noroeste do RS, mas construiu sua carreira política em Alvorada. Graduada em História com pós-graduação em Gestão Pública, após um mandato como vereadora, tornou-se em 1996 a primeira mulher a comandar a cidade da Região Metropolitana. Foi reeleita prefeita com 65% dos votos, e em 2006 chegou à Assembleia Legislativa, onde ganhou notoriedade como presidente da CPI da Corrupção.

Secretários já confirmados

Abgail Pereira – Turismo

Arno Augustin – Fazenda

Beto Albuquerque – Infraestrutura e Logística

Carlos Pestana – Casa Civil

Estilac Xavier – Secretaria Geral de Governo

João Motta – Planejamento, Gestão e Participação Cidadã

Luís Augusto Lara – Trabalho e Desenvolvimento Social

Luiz Antônio de Assis Brasil – Cultura

Marcelo Danéris – Secretário Executivo do Conselho de Desenvolvimento

Econômico e Social

Mauro Knijnik – Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento

*Fonte: http://www.rs13.com.br
...

(Atualizado às 19,10 h de 25/11/2010).

Lula: a íntegra da entrevista



*No vídeo acima, assista, na íntegra, a entrevista concedida hoje pela manhã à um grupo de 'Blogueiros Progressistas'  pelo Presidente Lula , em Brasília (leia mais sobre a entrevista também no post abaixo).

Lula concede entrevista para blogs




Presidente Lula concede entrevista inédita

Brasília/DF - Neste momento (9,20 h), no Palácio do Planalto, em Brasília, está iniciando  a entrevista que o Presidente Lula concede a uma representação de  blogs progressistas (chamados de 'sujos' por José Serra durante a última campanha presidencial). O encontro é inédito e pode ser acompanhado, ao vivo, através do Blog do Planalto, Clicando Aqui

23 novembro 2010

Denúncia













Tortura e violência contra adolescentes infratores são recorrentes, afirmam especialistas

Brasília/DF –  Agência Brasil -   Os marcos legais do país na área da Segurança Pública ainda convivem com a influência cultural de velhos modelos do passado no tratamento sobre a tortura e a violência. A opinião é da secretária nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente, Carmem Oliveira.

A representante da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República abordou o tema no 1º Seminário sobre Tortura e Violência no Sistema Prisional e no Sistema de Cumprimento de Medidas Socioeducativas, que termina hoje (23) em Brasília, depois de dois dias de encontro. “A coexistência de modelos antigos, como o praticado pela Febem [Fundação do Bem-Estar do Menor] é um dilema para os gestores”.

O promotor de Justiça de Defesa da Infância e da Juventude do Distrito Federal, Anderson Pereira de Andrade, afirmou que o agente que lida com o adolescente infrator tem que ser bem pago, ter jornada de trabalho adequada e ser valorizado pelo seu trabalho. Mas, é preciso também que tenha vocação e equilíbrio para exercer essa função, e acreditar na possibilidade de recuperação do paciente.

No Distrito Federal só existem duas varas para Execução de Medidas Socioeducativas, o que, na opinião de Andrade, são insuficientes para a realidade local. Outra crítica que faz é que não vê casos de condenação de agentes por violação dos direitos fundamentais do adolescente. Há também morosidade na apuração de denúncias.

A secretária Carmem Oliveira lembrou que há casos em São Paulo em que agentes demitidos por justa causa por cometerem tortura e violência, foram reintegrados pelo Ministério Público do Trabalho.

Para o promotor Anderson Pereira quando um adolescente chega a uma delegacia com marca visível de tortura, mas diz que não aconteceu nada, é porque se sentiu pressionado, e o delegado tem a obrigação de encaminhá-lo ao Instituto Médico Legal (IML). No entanto, ele aponta casos em que o próprio IML emite laudos dizendo que o jovem não sofreu nada quando na verdade ele apresentava marcas de tortura ao ser encaminhado para exame.
Existe, segundo o promotor, uma “cultura autoritária em relação ao desrespeito aos direitos do infrator de quaisquer faixas de idade".

O juiz auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça, Daniel Issler afirmou que os órgãos ligados à segurança precisam funcionar para facilitar a coleta de provas que vão levar a uma decisão da Justiça. “A sociedade não pode mais tolerar a tortura e a violência policial, que existem de forma disseminada na área da segurança pública”. No caso da juventude ele constata que os infratores jovens são mais vulneráveis do que os adultos. (Lourenço Canuto)

Fonte: http://agenciabrasil.ebc.com.br/ - Edição deste blog

Deu no 'O Boqueirão'




EXTRA! EXTRA! 'O Boqueirão' e o 'Blog do Júlio Garcia' agora são irmãos siameses!

Prezados(as) leitores(as):

Visando otimizar - e, também, potencializar - nosso - e vosso - tempo e nossas -  e vossas -  energias, o Editor deste 'Blog Sujo' informa que, à partir de hoje, 'O Boqueirão' estará se 'integrando' ao 'Blog do Júlio Garcia' (cujo Editor-chefe, não por acaso, é o responsável por ambos!)... Os dois blogs, somados, contabilizam  hoje mais de 242.000  acessos.

Uma das vantagens é que, agora, com apenas um Clic ... o prezado(a) internauta estará acessando ... dois blogues sujos!!! Não é demais?!!!

Então, para acessar o Blog do Júlio Garcia/O Boqueirão, clique no endereço abaixo:



... e continue nos brindando com vossa honrosa visita!

O Editor

A mídia em debate...


Conselhos continuam na mira da mídia

José Dirceu  escreve:

A regulação da mídia, medida urgente e que não se pode protelar mais continua - o que é ótimo! - na agenda das grandes discussões nacionais, diariamente. Foi assunto de matérias nos jornalões no fim de semana com O Globo anunciando a promoção de uma audiência pública, no Rio, para discutir a criação do conselho estadual de comunicação social, uma proposta em andamento lá e em mais seis Estados - São Paulo, Mato Grosso, Bahia, Alagoas, Ceará e Piauí.

Mas, O Globo noticia que o objetivo destes conselhos é "orientar e fiscalizar" a mídia e já engata a notícia com a velha insinuação de que visam estabelecer censura e atingir as liberdades de imprensa e de expressão (leia, também, nota abaixo).

Não é nada disso, nem de longe. Pelo contrário, os conselhos visam democratizar a comunicação e a informação, assegurar que ela chegue ao público sem deturpação e principalmente que não seja manipulada de acordo com os grandes interesses particulares que permeiam a área.

Os conselhos inspiram-se em propostas discutidas e aprovadas no final do ano passado, na I Conferência Nacional de Comunicação (CONFECOM) por quem faz comunicação livre neste país, como jornalistas, profissionais de comunicação, blogueiros progressistas, pensadores, estudantes e professores universitários, movimentos sociais de rádios e TV comunitárias, além das redes Bandeirantes e Rede TV! (...)
-Leia a postagem, na íntegra (oriunda do Blog do Zé Dirceu), Clicando Aqui

22 novembro 2010

Flavio Koutzii




Entrevista com  Flavio Koutzii

Koutzii diz que Tarso amplia aliança e segue à esquerda

Porto Alegre/RS - Jornal do Comércio - O ex-deputado Flavio Koutzii voltou a participar de eleições neste ano, atuando como um dos coordenadores da campanha de Tarso Genro (PT) ao governo do Estado. A partir de 2011, ele comandará um gabinete de assessoramento ao futuro titular do Piratini. Nesta entrevista ao Jornal do Comércio, Koutzii analisa as mudanças no PT gaúcho em relação à sua primeira experiência no comando do Estado, como a abertura a um leque maior de alianças para governar. E projeta que Tarso, mesmo dialogando com um grupo heterogêneo de partidos políticos, se manterá em um centro gravitacional à esquerda. O petista ainda avalia a relação com a imprensa e comenta a polêmica sobre as Parcerias Público-Privadas (PPPs).
 
Jornal do Comércio – O senhor esteve afastado da política. Por que decidiu retornar na campanha de Tarso Genro?
 
Flavio Koutzii – Estava afastado da condição de disputar (eleições), mas me mantive no PT, atento à política, acompanhei o governo Yeda (Crusius, PSDB). Quando se estabelece a candidatura de Tarso, pensei que dediquei esses últimos 20 anos à política do Rio Grande do Sul. E tanto na gestão de (Germano) Rigotto (PMDB) quanto na de Yeda – que são parecidas pelo suporte político que tiveram -, o campo mais conservador sempre esteve presente. Então, achei que deveria ingressar na campanha. E Tarso me convidou. Mas se não tivesse convidado, eu me ofereceria.

JC – E o seu papel no governo do Estado?

Koutzii – Tarso vai fazer um gabinete de assessoria superior. Será uma estrutura ao lado do gabinete dele, que terá cinco pessoas e eu serei o coordenador.  (...)

-Leia a entrevista, na íntegra (via Blog do Tarso) , Clicando Aqui

A montagem do novo governo gaúcho













Tarso  retoma atividades de transição nesta segunda

Tarso Genro desembarcou em Porto Alegre por volta de uma da madrugada deste domingo (21)

Porto Alegre/RS - Por Rachel Duarte, do Sul 21 - Depois de oito dias na Europa, dos dez que programou para ficar na Espanha e em Portugal, o futuro governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), retornou a Porto Alegre no início da madrugada deste domingo (21). Tarso desembarcou por volta da 01h no Aeroporto Internacional Salgado Filho e optou por descansar no primeiro dia do retorno ao estado. A retomada das atividades do processo de transição ficou para esta segunda-feira (22).

Algumas articulações políticas tiveram início, por telefone, ainda neste domingo, conforme o previsto, em Lisboa, pelo futuro chefe da Casa Civil, Carlos Pestana. Tarso e Pestana deixaram na capital portuguesa a comitiva que viajou com eles no último dia 12. Voltaram antes para agilizar o processo de transição e a composição do futuro secretariado.

O principal motivo para acelerar o anúncio dos demais secretários, deve-se à atitude do PDT, que deseja mais secretarias do que as lhe foram oferecidas e se movimenta para ter o prefeito José Fortunati como cabeça de chapa nas eleições municipais de 2012. (...)

-Leia a postagem, na íntegra, Clicando Aqui 

20 novembro 2010

Let it Be



* The Beatles - Let it Be

Em Três Coroas




'Morada das Dançarinas do Céu'

Estive no dia de ontem, juntamente com meu colega, Dr. Moacir Fernandes, visitando o aprazível município de Três Coroas, que fica situado no Vale do Paranhana, próximo à Serra gaúcha.

Após a ida ao Fórum e ao Cartório de Registro de Imóveis (motivo principal de nossa viagem), fomos almoçar, juntamente com nossos clientes, no agradável Restaurante do Ari e, depois, aproveitamos para realizar um passeio pelo município. Impressiona, além da visível pujança promovida principalmente pela agricultura familiar, pelo turismo e pelas indústrias de calçados e vestuário -  que concentram-se em grande número na região -  a arquitetura e a culinária, assim como a hospitalidade e a belíssima geografia com que o município é brindado, com destaque para os morros, as curvas e as correntezas do rio Paranhana, onde também são realizadas competições internacionais de canoagem.

A orígem do nome Três Coroas - município fundado por descendentes de imigrantes alemães originários de São Leopoldo - deve-se à existência de um imponente pinheiro de três copas, ou coroas, como também eram chamadas, por ocasião da sua  fundação, em 1959.

Mas o ponto alto do passeio, sem dúvida, é a visita ao Templo Budista de Khadro Ling, localizado a 8 km do centro da cidade, onde residem aproximadamente 50 pessoas,  oriundas de várias partes do mundo,  que para lá direcionaram-se para  dar prioridade à prática espiritual e auxiliar na  manutenção das atividades da organização do Templo.  O Budismo, é importante salientar,  pode também ser definido como um estilo de vida, sendo que a prática espiritual não é distinta ou separada das atividades do cotidiano.

Segundo informa o site do templo budista, 'em tibetano, Kha significa “céu”, Dro significa “mover-se”, ir, dançar, Ling significa “local sagrado”. Khadro é a tradução de Dakini, palavra associada a um aspecto da energia iluminada feminina. Uma tradução possível para Khadro Ling, então, é “Morada das dançarinas do céu”.' 

Encontramos e conversamos longamente com vários turistas de distintas regiões do país, todos impressionados com a magnitude do Templo e demais edificações,  com a beleza ímpar da região e, sobretudo, com a profundidade da cultura e da filosofia budista. Foi, sem dúvida, uma visita riquíssima, impressionante e, sobretudo, extremamente gratificante.

Assista, à seguir, ao vídeo Khadro Ling, apresentado por Lucélia Santos:


19 novembro 2010

Dilma: 'Apresento minha gratidão e meu reconhecimento'


Dilma se emociona no DN: Eu vi um PT vivo, atuante e combativo em todo o país

Brasília/DF - Na abertura da reunião do Diretório Nacional do PT nesta sexta-feira (19), em Brasília, a presidenta eleita Dilma Rousseff se emocionou e também provocou emoção nos presentes ao fazer um agradecimento à militância petista. Dilma chorou ao relembrar que em todas cidades em que chegava, já no aeroporto ela sempre via "primeiro uma bandeira, uma camiseta, mas, sobretudo, a solidariedade dos militantes".

"É para este partido que apresento a minha gratidão e o meu reconhecimento", disse ela, emocinada. Ela afirmou que durante toda a campanha eleitoral ela viu um "partido vivo, atuante e combativo em todo o país" que contribuiu decisivamente para construir a vitória na disputa.

Dilma afirmou que dependerá do apoio, da maturidade e da compreensão do PT para construir o consenso político em torno do projeto nacional iniciado pelo governo Lula, juntamente com a coligação de partidos que irá governar o paísa partir de 1º de janeiro.

De acordo com ela, a herança bendita do presidente Lula colocará para o novo governo um grande desafio. "As nossas conquistas não podem se repetir, sob pena de não honrarmos o nosso compromisso de transformar este país. Devemos ir em frente e aprofundar o que conquistamos", enfatizou ela.

Dilma também conclamou militantes e dirigentes petistas a criar um clima de unidade nacional e reafirmou o seu desejo de governar para aqueles que apoiaram o seu nome e também para os que não apoiaram. Para ela, "se disputa na eleição e constroi-se a unidade no ato de governar".

A presidenta eleita deixou claro o seu otimismo para com o Brasil. "Sem sombra de dúvidas, nas próximas décadas temos o grande desafio de transformar este país, com justiça social que implica na erradicação da miséria e onde os 186 milhões de brasileiros possam ser integrados às riquezas que iremos produzir", disse.

Fonte: sítio do PT Nacional
Foto: AE

18 novembro 2010

Amy Winehouse



*Amy Winehouse - Rehab

Artigo






A encrenca de uma coalizão muito ampla

Maria Inês Nassif  escreve:

Não é bom ter o PMDB como amigo. Pior ainda tê-lo como inimigo. A presidente eleita, Dilma Rousseff, já deve ter percebido o tamanho do barulho que o PMDB faz e a enorme capacidade do partido de desferir golpes rápidos e certeiros em seus aliados, quando o assunto é participação na máquina do governo. Sozinho, o PT, com sua bancada de 88 deputados na Câmara, será incapaz de se contrapor a isso. E não parece ser do perfil da eleita dar nó em pingo d'água, como conseguiu o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, à base da estratégia uma no cravo, uma na ferradura.

Pragmático, o presidente Lula, já na formação de seu primeiro governo, acenou para a sociedade como se sua eleição tivesse sido o produto de uma aliança política mais ampla do que realmente foi. A escolha de ministros comprometidos com a política ortodoxa, no campo da economia, teve a compensação que poderia dar naquele momento, diante da grave crise econômica que o Brasil atravessava: a imediata execução do Programa Fome Zero, posteriormente Bolsa Família, que integrou todos os programas de transferência de renda existentes.

O lado mais curioso dessa ampla coalizão (do ponto de vista da diversidade ideológica dos partidos aliados) foi a solução dada por Lula à Agricultura. Lula tomou o agronegócio como prioridade de governo e manteve o Ministério da Agricultura nas mãos de pessoas ligadas aos grupos ruralistas, que deram ao seu governo mais trabalho do que apoio no Congresso. No outro lado da balança, manteve um Ministério do Desenvolvimento Agrário sempre nas mãos de ministros ligados a movimentos sociais pela reforma agrária. A síntese dessa contradição foi um grande apoio ao agronegócio, mas uma política ativa de crédito e transferência de tecnologia voltada para a pequena propriedade e para a agricultura familiar. O Ministério de Desenvolvimento Social trabalhou articuladamente com o MDA junto a essas famílias, que pelo menos no início do governo estavam inseridas nos bolsões de miséria sob a mira das políticas sociais do governo. Agora já devem ter subido um pouco na escala social. (...)
Leia o artigo completo, oriundo do Valor Econômico, via Blog do Nassif,  Clicando Aqui

17 novembro 2010

Katie Melua



*Blowing in the Wind - de Bob Dylan, com Katie Melua

Novo Governo Federal













Equipe de Transição fará debates sobre temas prioritários para o novo governo

Brasília/DF - A presidenta eleita Dilma Rousseff acertou nesta terça-feira (16) - com os coordenadores da Transição – a organização de uma série de seminários para debater temas considerados prioritários para o novo governo. O primeiro deverá ser sobre a erradicação da miséria no Brasil, informou o presidente do PT, José Eduardo Dutra (na foto com a presidenta Dilma), um dos coordenadores, durante a tarde, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). Dutra ressaltou, no entanto, que a data do primeiro seminário ainda não foi definida.

“Nós resolvemos fazer esse seminário, um dia de debates sobre alguns temas que foram citados pela [então] candidata como importantes durante a campanha”, afirmou Dutra. Cada seminário teria a duração de uma tarde e contaria com a presença de especialistas das áreas envolvidas, como pesquisadores do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea) e Fundação Getúlio Vargas (FGV), por exemplo.

Outros temas que também deverão abordados são a Segurança Pública e a Saúde, "mas ainda não está fechado", disse José Eduardo Dutra.

Granja do Torto

Dilma Rousseff deu início, na manhã desta terça-feira, às reuniões que fará sobre temas de infraestrutura e avaliação do andamento das obras do Plano de Aceleração do Crescimento (PAC). A primeira reunião, sobre transportes, foi na Granja do Torto, onde a presidente eleita está morando desde segunda-feira (15).

Participaram do encontro a coordenadora do programa, Miriam Belchior; o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos; e o deputado Antonio Palocci (PT-SP), que também é um dos coordenadores da equipe de transição.

A reunião serviu para informar a presidente eleita sobre o andamento das obras do PAC na área de transportes. Dilma fará outras reuniões para se atualizar sobre as demais áreas do programa.

A futura presidenta do Brasil passou a terça-feira na Granja do Torto, enquanto os coordenadores da equipe de transição, o vice-presidente eleito e presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP), Palocci, Dutra, e o deputado José Eduardo Cardoso (PT-SP) se reuniram no CCBB. (com o Portal Brasil)

Edição deste blog

15 novembro 2010

Os últimos anos de um império...














Os últimos anos de um império chamado Globo

Renato Rovai
escreve:

Há elementos bastante sólidos para se afirmar que as Organizações Globo estão vivendo seus últimos anos de império e que para breve ela será apenas mais um grupo de comunicação no Brasil. A audiência da TV aberta, que é o carro chefe da emissora vem caindo de forma constante há algum tempo.

Além disso, a Globo tem perdido telespectadores tanto para a concorrência como para a Internet. Os jovens já passam mais tempo no computador do que na frente da TV. Além do que, na Internet a Globo é mais uma. Seu portal não é nem o maior do país.

Agora, há dois novos elementos que são pilares fundamentais do poder da Globo que podem torná-la ainda mais fraca nos próximos anos. O primeiro tem relação com a decisão recente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cadê) que tirou da emissora a preferência pela renovação dos direitos do Campeonato Brasileiro das temporadas de 2012 a 2014.

A Rede Record está em polvorosa com a notícia. E há apostas de que o grupo do bispo pensa em dobrar o valor pago hoje pelos Marinhos, de 500 milhões ano para 1 bilhão.

Se isso vier a acontecer e a emissora paulista, que já venceu a concorrência pela transmissão dos Jogos Olímpicos de 2012, passará a ter a hegemonia da cobertura esportiva. No caso do Campeonato Brasileiro, se a Record vencer mais essa ela passa a ter condições objetivas de derrotar a Globo no horário nobre.

O melhor horário para os jogos da semana é o das 20h, 20h30. Mas por conta do Jornal Nacional e das novelas, a Globo faz com que eles se iniciem cada dia mais tarde. Antes eram 21h15 e agora já estão começando às 22h. Isso diminui consideravelmente o público nos estádios.

A Globo também só transmite um jogo por semana. Se a Record vier a ganhar o Brasileirão, ela vai fazer exatamente ao contrário. Transmitirá os jogos no horário nobre tanto para poder vender publicidades por um preço melhor, quanto para tirar audiência da sua principal concorrente. E empurrar as novelas para segundo lugar no horário.

Além disso, ao invés de transmitir apenas um jogo por semana, vai tentar fazer o maior número possível de partidas. Ou seja, vamos ter jogos nos canais abertos nas quartas e quintas e talvez em até dois horários nesses dias. Algo como o jogo das 19h e o das 21h. Além disso, o campeonato da série B provavelmente vai ser negociado com alguma parceira, como SBT ou a Rede TV pra ser transmitido nas terças e sextas em horários também nobres. E vão arrancar alguns pontinhos das novelas nos outros dias.

Boa parte da audiência e dos lucros da Globo tem relação com o futebol. Ele é uma das galinhas dos ovos de ouro da emissora. É quem paga boa parte das contas. O núcleo de novelas também é o responsável por uma considerável parcela das receitas e da audiência da emissora. Ou seja….

O segundo elemento que pode levar a derrocada da empresa dos Marinhos ser mais rápido do que o imaginado é que pela primeira vez desde 1964 que há indícios claros de ela não vai ser a toda poderosa do Ministério da Comunicação.

Há muitas articulações tanto no meio empresarial, quanto na sociedade civil e na classe política para impedir que novamente o futuro titular da pasta seja pau-mandado do Jardim Botânico.

Um importante dirigente partidário disse a seguinte frase que resume o animo da tropa governista: “Dessa vez eles perderam mesmo. Quando decidiram apoiar radicalmente o Serra fizeram uma opção. Vão ter o direito sagrado de ser oposição, inclusive no ministério da Comunicação”.

Amém!


*Renato Rovai é editor da revista Fórum outro mundo em debate - http://www.revistaforum.com.br

Jack London
















Jack London, escritor do Abismo Social

Jack London foi o mais popular escritor norte-americano, dentre a multidão de grandes escritores surgidos nos Estados Unidos, na passagem entre os séculos 19 e 20. Durante sua tão intensa quanto breve existência de 40 anos, escreveu uma obra vastíssima composta por dezenas e dezenas de contos e romances.


* Por José Reinaldo Carvalho

Dentre os seus livros, diamantes da literatura mundial, destacam-se O Lobo do Mar e Martin Éden. Foi uma das mais fecundas penas na militância literária em combate ao sistema capitalista. A importância de seus livros na divulgação das ideias socialistas é tão grande, que no prefácio a O tacão de ferro, Anatole France diz: "Jack London tem aquele gênio peculiar que sabe descobrir o que está escondido para o comum dos homens e tem um dom especial que o habilita a antecipar o futuro". Numa extensa bibliografia sobre obras comunistas, Bukharin cita apenas um livro norte-americano: O tacão de ferro.

Jack London (foto) debutou aos 17 anos com o conto Ciclone às costas do Japão, ganhador do primeiro prêmio num concurso literário promovido pelo jornal Morning Call de São Francisco. Mas nessa época London era obrigado a dividir sua paixão pela escrita com a dura luta pela sobrevivência. Desde idade ainda tenra foi jornaleiro e até completar 15 anos, quando se empregou numa fábrica de conservas, consumiu os verdes anos de sua infância e adolescência nos mais diversos tipos de trabalho para garantir o mínimo sustento e ajudar a família. Na fábrica, chegou a fazer horas extras, esfalfando-se em jornadas de até 18 horas diárias. Nessa época, Jack London não tinha ainda consciência política, mas aprendera, pela própria experiência, o mecanismo da exploração capitalista, cuja teoria viria a descobrir depois nos livros. Dono de vigorosa e fértil imaginação, escrevia compulsivamente. Mas teve de percorrer longo caminho até que suas obras merecessem a acolhida dos editores.

London, pelo seu espírito aventureiro e individualista, viveu durante algum tempo como vagabundo, viajando em trens de carga e vivendo literalmente na sarjeta, uma vida errante de andarilho, durante a qual conheceu e fez de tudo, foi preso e conviveu com a escória da sociedade norte-americana, no que ele chamava de abismo social.

Leitor contumaz, Jack London tomou contato na juventude com a obra de Babeuf, Fourier, Proudhon, Saint-Simon, Darwin, Spencer, Nietzsche, que deixaram marcante influência em seus escritos. Por indicação de um andarilho das estradas, seu companheiro na vida de vagabundo, buliçoso como ele e dado a filosofar, leu o Manifesto Comunista, de Karl Marx. Instintivamente inclinado a combater as injustiças e já revoltado com as iniquidades do sistema capitalista, London se tornou um socialista consciente e visceral. No seu caderno de notas, Jack registrou as suas impressões da obra fundamental da teoria do socialismo científico:

"Toda a história da humanidade tem sido a História das lutas entre exploradores e explorados; a história dessas lutas de classe mostra a evolução da civilização econômica da mesma forma por que os estudos de Darwin mostram a evolução do homem. Com o advento do industrialismo e da concentração dos capitais atingiu-se um estádio social em que os explorados não podem emancipar-se da classe dirigente sem com isso, e de uma vez por todas, emancipar a sociedade em geral de explorações futuras, de opressão, de diferenças e lutas de classe". (...) Clique Aqui para ler o artigo, na íntegra, originalmente postado no site Vermelho.