15 junho 2013

'Nunca pensei que minha sina/ Fosse andar longe do pago/ E trago na boca o amargo/ Dum doce beijo de china'




Vitor Ramil - 'Deixando o Pago' 

2 comentários:

Vulmar Leite disse...

Prezado Júlio,

Uma composição que sensibiliza muito a quem mora distante do pago e a quem se aquerenciou em outro.

Um abraço,

Vulmar

JÚLIO GARCIA disse...

Caro amigo, teu comentário demonstra tua enorme sensibilidade ... e também me honra muito pela ilustre visita! Grande abraço!